Equipamento israelense que transforma lixo orgânico em gás de cozinha chega a MT

Energia renovável, sustentabilidade e a construção de um mundo melhor serão debatidos a partir de hoje em Cuiabá para apresentação do sistema

De origem israelense e presente em mais de 100 países, o HomeBiogas chegou ao Brasil em julho de 2018, sendo implantado em vários Estados. Em Mato Grosso, a novidade já desperta interesse de empresários e famílias que buscam uma forma sustentável e econômica na geração de gás de cozinha, energia renovável e fertilizante natural. Trata-se de um equipamento que reutiliza resíduos orgânicos para gerar o biogás.


O aparelho não necessita de eletricidade e é um sistema autônomo e projetado para ser DIY “Do It Yourself”, que significa “Faça Você Mesmo”, na tradução para a língua portuguesa. Quer dizer que o próprio consumidor monta e prepara seu funcionamento de forma rápida e fácil.


A adaptação do fogão comum para o Biogás é ensinada passo a passo por um aplicativo ou no site e vídeos que são disponibilizados aos consumidores.


Para começar, é preciso estimular a reprodução das bactérias que ficam no biodigestor. Esse estímulo pode ser feito com esterco animal (especialmente de animais ruminantes, como vacas, veados, camelos, búfalos, cabras e ovelhas) ou com um kit de bactérias disponibilizado pela HomeBiogás. Passadas de duas a quatro semanas, o aparelho estará produzindo gás pronto para uso.


O sucesso do aparelho foi atestado mundialmente, como nos Estados Unidos, Austrália e em países da África. Com marcação CE de segurança da Comunidade Europeia e duas certificações ISO: a certificação 9000 por Gestão de Qualidade e a certificação 14000 por Gestão Ambiental.


“A energia passa a ser quase que de produção autônoma em regiões isoladas, que sofrem com problemas de saneamento básico, iluminação, educação, produção e manutenção da produção do próprio alimento. No Brasil, temos que conscientizar a população como um todo e ajudar regiões precárias”, diz Toledano.


Projetado para uma família de, em média, oito pessoas, que resida em casa (não foi desenvolvida uma versão para apartamentos), o HomeBiogas tem o custo de R$ 5,9 mil. Com linhas de financiamento, manutenção praticamente zero, com garantia ilimitada e durabilidade de 15 anos, podendo produzir até 3h de gás de cozinha por dia.

“É um equipamento fácil de usar, que exige pouca manutenção e tem grande durabilidade. Seu potencial de impacto socioambiental é gigantesco, levando a sustentabilidade para dentro e fora das casas”, afirma o empresário.


Jardinagem e agricultura em geral


Outro grande diferencial do HomeBiogas é que ele recebe qualquer tipo de lixo orgânico, incluindo óleos e frituras, não só legumes, vegetais e frutas in natura”, acrescenta Leandro Toledano, representante da marca no Brasil.


Ele ressalta que o usuário só precisa se preocupar em manter a umidade, para garantir a atividade biológica. E aponta a tecnologia como excelente solução para agricultores, em relação ao fertilizante produzido diariamente pelo aparelho, além de uma ótima saída para dar finalidade aos restos das lavouras e dos abates de aviários e outras criações.


Quem tem uma pequena horta do quintal de casa, como é o caso de dona Eliane Pereira, que há um mês utiliza o fertilizante em seu jardim, também não tem do que reclamar, garante o fabricante.


Ecologicamente correto


Além de ajudar na economia de custos com gás de cozinha, o HomeBiogas tem importante papel na proteção do meio ambiente. Com apenas um sistema, é possível reduzir até seis toneladas de emissão de gás de efeito estufa por ano e, com a diminuição do lixo destinado a aterros, caem também os gastos com transporte e espaço nos lixões. O equipamento ainda é aplicável na solução de sistemas de saneamento básico.


Adicionalmente, ao substituir o carvão pelo uso do biogás, diminui-se o desmatamento e problemas alarmantes de saúde, que segundo a ONU, causam 4,3 milhões de mortes por ano por complicações respiratórias relacionadas a esse minério.


Grandes empresas nacionais como Toyota, Santander, construtora Camargo Correa e muitas outras já fazem uso do novo sistema. Em Primavera do Leste (230 quilômetros de Cuiabá), o restaurante Brasô Grill, tradicional no município, acaba de instalar seis sistemas Homebiogas no estabelecimento.


“Cada sistema deixa de enviar uma tonelada de resíduos orgânicos por ano para o aterro e deixa de emitir seis toneladas de gás de efeito estufa na atmosfera. Isso permite que o restaurante deixe de gerar toneladas de lixo por ano e gera de 15h a 18h de biogás por dia”, analisou Toledano.


O restaurante agora passa a ser o primeiro no Estado a adotar o método de energia renovável e o primeiro do mundo com o maior número de sistemas interligados.


Palestra


Visando a construção de um mundo melhor, com práticas mais sustentáveis inseridas no dia a dia, Leandro Toledano, representante da HomeBiogas no Brasil, vai seguir um roteiro de palestras em Cuiabá, nos dias 8 e 9 de maio, com a temática “A evolução para uma sociedade com fontes de energia renováveis”.


Leandro Toledano é o empreendedor responsável por trazer ao Brasil tecnologias de energias originárias de fontes naturais aplicadas pela ONU. Assim, nas palestras, será possível entender o funcionamento do biodigestor e como a sociedade pode evoluir no modo de viver, agir e pensar.


As palestras acontecerão na quarta-feira (8), às 14h no Plenário do Comércio na Fecomercio, e na Unic, às 17h30. Ambas são gratuitas e abertas ao público.



Mais informações sobre a Homebiogás pelo site www.homebiogas.com.br

#Homebiogas #cuiaba #meioambiente

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
CONTATO

Neila Barreto

Jornalista e Historiadora

Telefone:

65-99981-7764

 

Email:

neila.barreto@hotmail.com 

  • Black LinkedIn Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Google+ Icon
  • Black Instagram Icon

© 2023 Luiz Ernesto Barreto Proudly created with Wix.com