Panetteria Tabacchi é a 1ª artesanal da Capital e traz delícias orgânicas

December 7, 2018

 

Pela manhã, o cheirinho de pão quente, acompanhado de um café, traz as boas novas. A primeira alimentação, segundo especialistas, é de suma importância para definir as próximas horas do dia. Muito se fala em refeições saudáveis, e talvez seja por isso que os artesanais retornam com força às padarias espalhadas pelo país.

 

Os pães e bolos produzidos sem uso de fermento químico, mas com a massa feita apenas da mistura de água, farinha, fermento, e sal, levam mais tempo para ficar prontos, mas trazem inúmeros benefícios à saúde.

 

Eduardo Tabacchi, proprietário junto a esposa Célia da mais antiga panetteria de Cuiabá, descreve a reportagem que após a mistura ser feita a massa vai descansar por muitas horas. O tempo para o crescimento dura de acordo com o tipo de receita e podem variar de quatro a quarenta e oito horas.

 

“A produtividade de quem faz receitas artesanais é mais baixa. Depois de descansar, ainda se modela o pão e aí que a massa vai assar. Em padarias comuns esse processo às vezes dura 30 minutos e conseguem produzir muito mais”, ressalta.

 

Enquanto um cheiro de pão quente invade a Panetteria Tabacchi, Eduardo articula sobre a qualidade dos produtos que usa, sempre frescos, que costumam ser mais caros e levam muito mais mão de obra.

 

Como um estilo de vida, o dentista e a esposa que atuava como fonoaudióloga deixaram suas profissões para dedicar mais tempo ao espaço e na qualidade de vida alimentar. Ele conta que ele e Célia ficaram dois anos estudando até abrir a panetteria, com cursos em São Paulo, Rio de Janeiro ou Rio Grande do Sul.

 

Na entrevista, ele ainda ressalta o caso do McDonald’s mais antigo do mundo, guardado por dois australianos em 1995, quando eles tinham entre 13 e 14 anos, e hoje continua em perfeito estado. O contraste que o empreendedor quis dar com este exemplo foi que, comida artesanal, sem químicos é perecível e um produto que se mantém intacto durante duas décadas não pode ser saudável para o organismo.

 

“Nosso público não é só quem faz dietas, mas pessoas que buscam comida de verdade. Fazemos tudo de maneira tradicional, pão caseiro, com o fermento natural do próprio alimento que em francês é conhecido como levain”, explica.

 

A perecividade dos alimentos, ao contrário do que a leva mercadológica demonstra como beneficio, pode ser algo negativo. Funciona também como um indicador de que a receita tem mais ou menos químicos. Uma verdura, fruta, bolo ou pão que leva muito tempo para murchar e “perder o ponto” pode ter ainda mais defensivos agrícolas ou níveis de conservantes.

 

Dezenas de receitas artesanais

 

 

Perto de 50 receitas, alguns dos preparados foram desenvolvidos ou adaptados na panetteria ao longo de seus cinco anos de existência. Em 2018, foi escolhida entre as melhores listadas na seleção da Veja Comer e Beber. 

 

Não é comum se encontrar pães recheados na Capital, mas no estabelecimento é possível achar variedades como pães recheados com gorgonzola, calabresa ou molho pesto de manjericão. “Levamos essa idéia para outros produtos como bolos, bolachas, brownie e cookie. É tudo feito da mesma forma, sem conservante”, descreve.

 

Para Eduardo, uma inspiração é a nutricionista francesa Sophie Deram, que defende a “comida de verdade”. “Ela sempre diz que é um paradoxo ter tanta gente acima do peso e ao mesmo tempo tanta dieta”, lembra.

 

Ele ainda observa que, em relação ao gosto das receitas, costuma ser bastante parecido com as que levam conservantes e fermentos. Porém, a digestão é mais leve. “É como comer uma fruta orgânica  e outra não orgânica, o diferencial está na saúde”, completa.

 

Feira dos Produtores

 

 

Para dar fluxo ao movimento produtores, toda a manhã de sábado, frente à panetteria é promovida uma feira. Os expositores costumam ser rotativos, mas Eduardo revela que quase sempre pode contar com a venda verduras como Naturix Orgânicos, cervejas artesanais como Soul'za Cervejaria ou Produtos Vovó Maria, que comercializa produtos de carne congelados.

 

A idéia é que mais pessoas consumam produtos de pequenos produtores, aumentem a cadeia do pequeno comércio e dê giro à alimentação saudável na região. 

 

SERVIÇO

Instagram: @panetteriatabacchi

Contato: (65) 99673-5518

Seg a Sex das 14:00 as 19:30

Sábado: Café da manhã das 7:30 as 12:00

Endereço: Bairro Jardim das Américas, Cuiabá-MT.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Neila Maria Souza Barreto toma posse da Cadeira 19 na Academia Mato-Grossense de Letras

December 3, 2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags