“Sarau Lá em Casa” lança mostra fotográfica de Henrique Santian na Casa Dom Aquino


Neste sábado (08), o Museu de História Natural Casa Dom Aquino recebe mais uma edição do Sarau Lá em Casa, que, desta vez, conduz o lançamento da exposição “Olhares Ocultos”, do fotógrafo documentarista Henrique Santian.


Como é de costume, a programação conta com pocket shows e expressões artísticas das mais diversas linguagens, reunidas a partir das 18 horas. A entrada é R$ 5.


Os (as) cantautores (as) Estela Ceregatti, Sidnei Duarte, Caio Mattoso, Rogê Além, Luisa Lamar e os DJs Fabrício Chabô e Luiz Pirata figuram entre as atrações musicais.


O sarau recebe ainda as performances de Anna Marimon, Millena Machado e Douglas Peron, além da apresentação de dança de Lucas Koester. O escritor Caio Augusto Ribeiro também marca presença com seu último lançamento, o livro Manifesto da Manifesta, disponível para venda e autógrafos.


O Sarau Lá em Casa teve sua primeira edição em 2015 e já recebeu inúmeros artista da música, literatura, dança, artes plásticas e cinema. Segundo a realizadora, Julianne de Quadros, um espaço livre para criar e apresentar novas obras e movimentos de quaisquer expressões artística, abrindo as portas para novos e consagrados artistas.


Nesta edição, o evento conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, do Instituto ECOSS, do Museu de História Natural – Casa Dom Aquino e da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, através da Sala da Mulher.


Olhares Ocultos

A exposição “Olhares Ocultos” é composta por 20 imagens que trazem as diferentes características dos biomas do Estado de Mato Grosso, em especial, o Cerrado, a Amazônia, o Araguaia e o Pantanal. A mostra é resultado de uma imersão do fotógrafo Henrique Santian por terras indígenas do Xingu, passando por Santiago do Norte.


Dentre as imagens mais marcantes, figura a série “trabalhadores”, que registra a construção de uma casa indígena xinguana e um armazém de grãos da região Nordeste do Estado. As imagens se comunicam na compreensão do espectador com o realce das formas, texturas e geometria de ambos objetos, e provoca a reflexão sobre um elo entre o homem predador e sua origem ancestral.


O projeto é contemplado pelo edital Circula MT, da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

#exposicao #casadacultura #henrique #sarau

Posts Em Destaque