Exposição 'Mundo Animal' de Gervane de Paula abre as portas em Campo Grande



O artista cuiabano Gervane de Paula abriu, na última quarta-feira (31), a exposição ‘Mundo Animal’, no Museu de Arte Contemporânea de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. A mostra foi contemplada pelo “Prêmio Funarte – Conexão Circulação Artes Visuais”. Em 2016, ela chegou a ser censurada em Cuiabá, na Galeria Arto. Desde então, foi reformulada, e tem novas obras e elementos.

Composta inicialmente por trezentas obras, a exposição ‘Mundo Animal’ traz críticas políticas, sociais e religiosas, como toda a obra de Gervane. Quando foi exposta na Arto, em 2016, algumas telas tiveram de ser cobertas, após reclamações de visitantes. No ano seguinte, o artista foi vítima de censura novamente, na exposição ‘Amo Cuiabá’, realizada no Pantanal Shopping. Ali, duas de suas obras foram retiradas depois da ‘denúncia’ de um jornalista, que visitou o local e postou um vídeo nas redes sociais. Gervane de Paula nasceu em Cuiabá, onde reside e trabalha desde 1977. Integrou a “Geração 80”, movimento artístico brasileiro de grande relevância nas artes plásticas, e desde então vem participando de mostras individuais e coletivas em museus do Brasil e do exterior. Sua obra tem sua natureza na cultura de massa, popular e religiosa, e trata do realismo social falando sobre as várias formas de violência urbana, partindo do cenário local para retratar o mundo em que vive. Sua produção está situada entre a pintura, desenho, objeto e instalação, utilizando diversos suportes e materiais. Em Campo Grande, a exposição é realizada pela Fundação Nacional das Artes (Funarte) e pelo Ministério da Cultura.




Posts Em Destaque
Posts Recentes