Mato-grossenses premiados pelo Culturas Populares receberão R$ 20 mil cada; saiba quem são!

Grupo de Siriri Flor de Atalaia ganhou reconhecimento nacional no Prêmio Culturas Populares

Mato Grosso tem grande representatividade no resultado do Prêmio Culturas Populares do Ministério da Cultura. Nesta edição, que homenageou a cantora pernambucana Selma Ferreira da Silva, a Selma do Coco (in memoriam) destinou R$ 10 milhões a 500 iniciativas culturais de mestres, mestras, grupos e instituições privadas sem fins lucrativos.


Cada um dos vencedores recebe R$ 20 mil. Dentre os premiados de Mato Grosso, Dona Domingas do Flor Ribeirinha (Cuiabá), Alcides Ribeiro dos Santos (Santo Antônio de Leverger), artista da viola do cocho e Tomaz Flaviano da Silva (Cuiabá), do projeto Musicalização Através da Viola de Cocho foram homenageados na categoria Pessoa Física de mestres e mestras.


O resultado foi divulgado na edição de 22 de outubro do Diário Oficial da União. Já na categoria Grupos e Comunidades, foram premiados o grupo de siriri Passo Miudinho (Várzea Grande), Grupo Estrela Guia (Várzea Grande) e Renascer do Espírito Santo (Juína).


Por fim, na categoria pessoas jurídicas com ações comprovadas em ação cultural receberão o prêmio Culturas Populares, a Associação das Manifestações Folclóricas de Mato Grosso (Várzea Grande), Grupo Teatral de Tangará da Serra, Associação do Grupo de Siriri Flor de Atalaia (Cuiabá), Federação dos Grupos de Cururu e Siriri de Mato Grosso (Cuiabá) e a Associação Cultural Itinerante de Ações (Várzea Grande).


Clique aqui para saber quem são os vencedores de todo Brasil.


#arte #cultura #siriri #premios

Posts Em Destaque
Posts Recentes